sábado, 19 de setembro de 2009

O medo.

O medo e a insegurança sempre andam juntos, e hoje eu falo, estou com medo, medo do que pode acontecer, medo de me ferir, medo de quebrar meu coração em muitos pedaços e não conseguir ajuntar os cacos depois, a insegurança me deixa assim.

Começo a enxerga as coisas de outra forma, de outra maneira, talvez não quisesse ver a realidade antes, por isso decide me afundar no posso da ilusão do medo e da insegurança, e acreditei em uma coisa que nunca existiu, em uma pessoa que não é a pessoa dos meus pensamentos e sim mais um estranho, completamente desconhecido, com capacidade de ferir-me com tal crueldade que é inimaginável. Não vou falar que sou a vitima, porque não sou, foi eu quem criei aquela pessoa uma pessoa que só existia na minha mente, essa mente pateticamente ridicularizada que não gosta de enxerga a verdade porque sabe que ela dói mais do que deveria doer.

Pra falar a verdade acho que nunca consigo ver a maldade nas pessoas e por isso sempre acabo assim, me machucando.
Mais se é errando que se aprende, eu estou aprendendo muito, aprendendo a ser fria, grossa e dura, agir mais com a razão do que com o coração, a ingenuidade talvez acabe, quem sabe depois de tudo, eu aprenda a ver o mundo com mais clareza, e assim parar de me machucar tanto!

Um comentário:

jú souza disse...

Amei o blog amor, ta lindo mesmo, vou ler os textos, e a letra da musica e muito linda, eu tambem adoro essa musica.. adorei tudo aqui amor, taaaaa lindo demais, te amo, sempre.